Orgasmo: As energias do amor sexual e suas etapas

Você sabia que um orgasmo dura cerca de 10 segundos? Rápido não? Mas acredite, ele pode parecer ainda mais rápido caso façamos uma soma simbólica! Imagina que um casal faça amor entre 6 e 7 vezes por mês. No total, ambos terão apenas 65 segundos de orgasmo mensal. Contudo, em um ano, a soma não chega a 15 minutos. Se essa conta te fez ficar alerta, então fica por aqui que ao longo deste artigo vou falar um pouco mais sobre as etapas do amor sexual e como você pode prolongar o seu orgasmo!


O orgasmo sem o tantra


Os números acima nos trazem um alerta, que se faz ainda mais urgente quando paramos para pensar que gastamos muito mais tempo com preocupações, medos e pensamentos passageiros, do que com sensações que são capazes de nos conectar com o divino e a nossa verdadeira identidade.


Pois é, o orgasmo, o sexo, precisamente dito, sem as técnicas tântricas, é assim. Rápido e feito para saciar vontades e desejos. Saiba que o motivo está atrelado em não trabalhar o potencial sexual. Dito isso, vale a pena destacar que ao entender a curva orgástica você compreende melhor o aumento energético que ocorre durante o ato sexual.


Só para ilustrar, fazem parte da curva do orgasmo, de acordo com estudos sobre a sexualidade, 4 estágios, são eles, a excitação, o platô, o orgasmo e o final. Em resumo, o primeiro estágio está relacionado as preliminares, onde são despertados os desejos eróticos. Nesta fase é gerada a ereção nos homens e a lubrificação vaginal nas mulheres.



No estágio seguinte, as preliminares determinam o ritmo respiratório. Isso costuma gerar a tonificação corporal. Assim, na sequência, a excitação é focada na região genital, o que pode fazer com que esta energia se expanda ou não pelo corpo todo. Caso esta energia se espalhe, ela consegue chegar na área da cabeça e por isso acontece uma perda consciente de controle, além de uma série de reflexos genitais. O resultado é a ejaculação nos homens e as secreções orgásticas nas mulheres.


O ciclo é finalizado depois da descarga do potencial sexual. Então, como a maior parte das pessoas sexualmente ativas já sentiram, o corpo se acalma e relaxa. O que acontece nesta fase de relaxamento se dá pela perda da energia sexual. Assim, novos estímulos eróticos ficam completamente impossibilitados de acontecer nos momentos seguintes. Período que costuma ser mais longo para os homens em relação as mulheres.


Orgasmo tântrico


Por meio da terapêutica tântrica e dos estudos sobre tantra aprendemos a fazer amor sem perder o nosso potencial sexual, o que nos permite manter a nossa intensidade energética durante as experiências amorosas. Dessa forma, ao aplicar as técnicas tântricas no ato amoroso, ganhamos além de uma relação sexual mais prolongada, mais satisfação e percebemos ainda algumas diferenças em comparação a uma relação amorosa comum.


Só para ilustrar, uma das diferenças mais essenciais está no orgasmo longo, onde o nível de excitação tanto no homem quanto na mulher se torna mais real e fonte de energia, ou seja, não mais uma descarga que leva à exaustão. Além disso, o ato sexual se torna mais sensorial e conectivo, o que faz com que os parceiros se tornem mais envolvidos e ligados, fazendo do sexo um ato sagrado.


Assim, na primeira etapa da curva do orgasmo, o envolvimento leva os parceiros a sentirem as experiências de todas as sensações eróticas. Claro, que assim como no sexo comum, a mulher necessita de um pouco mais de tempo para entrar no envolvimento sexual e poder acessar todas as percepções. Entretanto, tanto as mulheres quanto os homens precisam conhecer o próprio corpo e respeitar o próprio ritmo para seguir para a próxima fase. Isso por que a amorosidade e o respeito fazem parte de toda e qualquer relação erótica!



Dito isso, na segunda etapa é hora de ditar o ritmo, experimentar um estado de expansão e liberdade, já que o orgasmo feminino costuma ser implosivo, enquanto o masculino explosivo. Além disso, existe ainda uma diferença de tempo para chegar ao orgasmo, sendo que a mulher chega ao ápice mais devagar e o homem mais rápido. Neste caso, existe a necessidade de o homem aprender a controlar e suspender a ejaculação para vivenciar o potencial orgástico ao mesmo tempo que a parceira. Uma boa pedida neste momento é sentir a paixão do ato e refinar os sentimentos de doação e ternura.


Na sequência, é hora de experimentar um orgasmo que leva ambos os parceiros a um estado de amor desapegado, onde alcançam paz e equilíbrio interno. Nesta fase, a comunhão entre o casal leva a expansão orgásticas, a conexão profunda consigo mesmo e com o outro. Em outras palavras, os orgasmos são cósmicos e sutis, leva os praticantes a evolução e controle da própria energia sexual.


Por fim, podemos concluir que o controle no nível mental amplia as habilidades sexuais e permite aos praticantes a extensão da relação sexual. Além disso, une os parceiros e os levam a um nível cósmico durante o ato amoroso. Para concluir, quero lembrar que geralmente, o orgasmo feminino expande a experiência da mulher ao nível emocional e mental. Já o orgasmo masculino oferece uma experiência mais corporal, física.


Assim, ao aprender as técnicas tântricas de controle da potência sexual para ter orgasmos simultâneos e prolongados, a mulher aprende a chegar mais rápido e com mais frequência nesta etapa e o homem descobre como abrir as sensações do nível energético para poder estender o próprio orgasmo e se conectar com o divino. Em ambos os casos, homens e mulheres se tornam totalmente orgásticos, tirando o foco dos genitais e levando esta energia para o corpo todo e além dele!


Tati Alok Ida - terapeuta tântrica


Os atendimentos de Tati Alok são feitos no Espaço Alok Ida, na Rua Moura, 848 - Barreiros, São José - SC. Para mais informações sobre terapêutica tântrica ou massagem tântrica taoísta, mande e-mail para alokida.producoes@gmail.com ou ligue para (48) 3372-0015 / (48) 9823-8869.

111 visualizações

R. Moura, 848 - Barreiros, São José - SC, 88117-250, Brasil

E-mail: alokida.producoes@gmail.com

Tel: (48) 3375-7132

Cel: (48) 9823-8869

© 2018 -